A bicicleta nos acompanha desde a infância. Para alguns, se torna até parte de um estilo de vida. Para outros, um meio de transporte essencial e barato. Seja qual for seu caso, as bicicletas evoluíram muito desde quando surgiram. Reunimos um pouco da história das bicicletas para que nossos leitores possam conhecer como elas foram criadas.

A história das bicicletas: os primórdios

Antes da criação da bicicleta moderna de hoje, havia vários exemplos de dispositivos de transporte de bicicleta mais simples. Tudo começou no século 16 com a descoberta dos esboços de 1493 de Leonardo da Vinci, que incluíam desenhos simples para bicicletas. Alguns historiadores afirmam que seu aluno Gian Giacomo Caprotti fez esse desenho ou que é totalmente falso. Esse projeto nunca foi produzido no modelo de trabalho e, nos quatrocentos anos seguintes, os cavalos continuaram sendo os únicos meios de transporte acessíveis nas vias públicas.

A primeira bicicleta do mundo?

O barão alemão Karl von Drais inventou o precursor da bicicleta moderna durante o início do século XIX. Esse velocípede chamado “Laufmaschine” consistia em duas rodas que eram mantidas juntas com uma barra central. O motorista daquele veículo tinha que andar e correr para obter a velocidade necessária e, em seguida, levantar as pernas e continuar a navegar até o momentum desaparecer. O design de Von Drais foi aprimorado na Inglaterra com o sucesso comercial “Dandy Horse”. Muitos consideram estes modelos as primeiras bicicletas, mas ainda é questionável esse título.

A invenção da bicicleta

Esse design permaneceu em uso por quase 40 anos, até que dois fabricantes franceses de carruagens tiveram a ideia de revolucionar o mundo das bicicletas. Pierre Michaux e Pierre Lallemen viram como o “Dandy Horse” é usado e criaram o plano de prender os pedais à roda dianteira e instalar o banco do motorista na viga de apoio.

Em 1864, eles fizeram seu primeiro modelo que provou ser muito eficiente e fácil de produzir. Quatro anos depois, eles reuniram os fundos para a produção em massa e começaram a melhorar seu design inicial para o que ficou conhecida como “Boneshaker” (Agitador de Ossos). As estruturas das bicicletas eram feitas de ferro em vez de madeira e logo começaram a incluir pneus de borracha e rolamentos de esferas.

História das bicicletas

As bicicletas foram evoluindo ao longo do tempo, e hoje são um dos veículos mais populares ao redor do mundo. (Foto: World Streets)

A bicicleta de roda dianteira maior

Um dos modelos mais populares da época era o modelo de bicicleta com roda dianteira maior. Criada em 1869 pelos franceses Eugene Meyer e produzida em massa pelo inglês James Starley, a bicicleta de roda alta melhorou vários aspectos de seu uso (mais confortável que o “agitador de ossos”, velocidades mais altas e estrutura mais leve), mas acrescentou algumas desvantagens (descidas e subidas difíceis). Os primeiros modelos de rodas altas ficaram disponíveis durante a década de 1870 na Inglaterra, onde foram recebidos com bons olhos.

A era de ouro da bicicletas

Após os primeiros anos de popularidade de bicicletas de rodas, em 1885, o inglês John Kemp Starley criou sua primeira “bicicleta de segurança”. Hoje essa invenção é considerada um dos momentos mais importantes da história da bicicleta. Ele apresentava uma corrente que ligava os pedais à roda traseira e à roda dianteira direcionável. Este dispositivo (chamado Rover) iniciou a era conhecida hoje como “Era de Ouro das Bicicletas”.

Desde então, o design e o equipamento das bicicletas tornaram-se padronizados em todo o mundo e eles atenderam aos quatro aspectos básicos – segurança, velocidade, conforto e direção. Todos tinham o formato básico de diamante feito de metal, pneus de borracha pneumática, corrente de rolos, uma marcha, freios de montanha-russa e muito mais.

A Era de Ouro das Bicicletas durou de 1900 a 1950, na qual as bicicletas se tornaram um dos principais meios de transporte público rodoviário. Os primeiros clubes de bicicleta popularizaram a condução recreacional na América e na Europa. Durante os anos, seus custos de fabricação diminuíram significativamente, o que aumentou seu uso em todo o mundo.

O surgimento das bicicletas modernas

A era moderna das bicicletas começou nas décadas de 1960 e 70 com o aumento da consciência dos benefícios do exercício e do transporte eficiente de energia. As pessoas começaram a dirigir um novo tipo de bicicleta muito mais leve e barata. Desde então, bicicletas de corrida, mountain bikes e BMX tornaram-se o padrão para os condutores de bicicleta em todo o mundo, com a recente adição de bicicletas híbridas (especializadas para uso na cidade com uma ampla gama de equipamentos retirados de bicicletas de montanha e velocidade). Os materiais padrão dos quadros modernos para bicicletas são de alumínio e fibra de carbono. E as evoluções continuam acontecendo e trazendo muito mais para essa história.

O que vocês acham da história das bicicletas? Qual o futuro que acham que elas terão?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)