Quando você está fora da cidade, quer que seus funcionários públicos cuidem de você e de sua bicicleta. Como ciclista, você logo começa a apreciar uma rede densa de estacionamento de bicicletas de qualidade. Isto é especialmente verdadeiro quando você sai para fazer compras.

Há muitos, muitos projetos de paraciclos, do excelente até o não funcional. Vamos descobrir o que separa bons paraciclos dos ruins, e como guardar corretamente sua bicicleta em cada um deles.

Trave sua bicicleta pelo quadro no paraciclos

A melhor versão dos paraciclos é aquela com um arco de metal simples, onde você pode trancar sua bicicleta pelo quadro com uma trava ou uma corrente. Este design está se tornando cada vez mais popular nas cidades. Talvez a única desvantagem é que você precisa carregar um cadeado com você para poder usar. Existem versões quadradas ou em “U” invertido para o arco de metal, que podem acomodar uma boa quantidade de bicicletas.

Um outro design ainda inclui correntes dentro dos tubos do paraciclo que você pode puxar e prender na sua bicicleta. Existem versões desse paraciclo em colunas que estendem as correntes a partir da parte superior, o que ainda torna funcional o espaço para parar sua bicicleta com segurança.

Bicicletários de má qualidade

O design de encaixe para a roda dianteira e todos os designs similares que não permitem que você trave sua bike facilmente pelo quadro, são um pouco falhos. Com este, você aperta o pneu dianteiro entre os dois lados de metal. Você só pode trancar a roda dianteira no suporte e esperar que a roda da frente não seja a única coisa que resta da sua bicicleta quando você voltar a executar suas tarefas. Em muitos casos, os dois arcos foram dobrados juntos, o que os transforma de inadequados a inúteis.

Quando esse suporte é apenas inferior, pior ainda. Esse suporte irá arranhar e empenar seus aros com facilidade. Infelizmente, esse modelo é um dos mais populares para bicicletários, mas tem caído cada vez mais em desuso nos últimos anos, o que é uma ótima notícia para quem quer estacionar a bike sem correr riscos de danificá-la.

Paraciclo

Use o paraciclo corretamente para parar sua bicicleta e não correr o risco de ser roubado. (Foto: University of Illinois Facilities and Services)

Como parar a bicicleta fora de um paraciclo?

Se a sua cidade ainda não instalou uma extensa rede de bicicletários públicos utilizáveis, então as pessoas tendem a usar as numerosas alternativas “não oficiais”; portões, grades, árvores e tudo o que está ao redor. Talvez, se nos derem alternativas de melhor qualidade para prender nossas queridas bicicletas, a maioria dos ciclistas as usaria.

Em alguns casos, lojas e instituições desaprovam os ciclistas que usam sua propriedade para fins de estacionamento de bicicletas. Naturalmente, isso ajudará a agenda deles se eles puderem orientar seus funcionários ou clientes a usar um rack adequado.

Estudos mostraram que os ciclistas trazem mais dinheiro para as empresas de rua. Portanto, os ciclistas devem ser um público-alvo a ser considerado. Mas, claro, a chave para lucrar com este fato é a disponibilidade de espaço de estacionamento seguro. Um espaço de estacionamento de veículo é igual a cerca de oito bicicletas estacionadas significa mais clientes satisfeitos. O mesmo princípio deve ser tentador também para os empregadores; é muito mais barato construir um espaço de estacionamento para bicicletas do que carros. Como bônus, você recebe pessoas com melhor saúde física e mental. Só se lembre de sempre usar um cadeado de qualidade.

Como estacionar a bicicleta corretamente?

A regra de ouro ao estacionar bicicletas é sempre travar a bicicleta a um outro objeto, de preferência algo feito de metal. Agora, se você realmente quiser evitar que sua bicicleta seja roubada, é preciso seguir mais alguns passos.

Sempre carregue consigo dois itens de travamento quando estiver pedalando: ma trava de segurança de alta qualidade (ou uma trava de corrente pesada) e uma trava de cabo com um laço nas duas extremidades.

Primeiro, pegue a trava de cabo e passe-o pela roda da frente, por dentro do quadro da bicicleta e pela roda traseira. Então você anexa o cabo para sua trava normal (geralmente uma U-Lock).

Finalmente, bloqueie a trava através do tubo do banco ou do assento e da roda traseira no suporte de bicicletas. Usar as duas formas para bloquear a moto torna muito mais difícil para um ladrão roubá-la, porque eles teriam que carregar duas ferramentas diferentes e pesadas para passar pela trava e pelo cabo de aço.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas para que possamos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)