Poucas pessoas escolheriam andar de carro sem cinto de segurança. Então, por que pegar uma bicicleta sem um capacete de bicicleta? Capacetes simplesmente fazem sentido em todas as condições de pilotagem e algumas áreas ainda tem leis que os obrigam.

Por lei, todos os capacetes vendidos no Brasil devem atender aos padrões estabelecidos pelo INMETRO. Alguns capacetes também são endossados ​​por outras organizações que analisam e avaliam a capacidade de fornecer segurança aos ciclistas. Os resultados dos testes ajudaram os fabricantes a criar capacetes leves, confortáveis ​​e capazes de lidar com impactos significativos.

Aqui estão algumas dicas para escolher um modelo de capacete de bicicleta que seja adequado às suas necessidades.

Tipos de capacete de bike

Capacetes de bicicleta vem em três tipos básicos: recreativo (também chamado multiuso e casual), estrada e montanha. Todos os tipos são projetados para proteger sua cabeça contra impactos, sendo leves e confortáveis. As diferenças:

Capacites recreativos

Os capacetes recreativos são uma opção econômica para ciclistas recreacionais, de passageiros, de estrada e de montanha; Eles também são populares entre skatistas e partinadores. Eles geralmente incluem viseiras para proteger seus olhos do sol.

Capacetes de estrada

Os capacetes de bicicleta de estrada são preferidos pelos entusiastas das estradas por seu baixo peso, ventilação generosa e design aerodinâmico. Esses capacetes geralmente dispensam as viseiras para manter o peso baixo e fornecer uma visão desobstruída quando você está agachado em uma posição de pilotagem agressiva.

Capacetes de montanha

Os capacetes de mountain bike (usados ​​com frequencia pelos ciclocross, também) são projetados para ventilar bem em baixas velocidades. Eles se distinguem por suas viseiras, maior cobertura traseira e um ajuste firme e seguro para quando você enfrenta terrenos acidentados. Alguns possuem proteção facial que é preferida pelos ciclistas de montanha e pelos pilotos de BMX..

Capacetes para bicicleta

Use um bom capacete de ciclismo para garantir o conforto e segurança ao pedalar. (Foto: Bike Helmets)

Estrutura do capacete de ciclismo

A maioria dos capacetes usa a construção com um molde, um processo popular que funde uma casca externa e o revestimento interno sem o uso de colas. Isso resulta em projetos leves, mas fortes. Embora o peso não seja uma grande preocupação para os ciclistas ocasionais, pilotos frequentes realmente apreciam a economia de peso de um capacete mais leve.

Casca/Estrutura externa

A maioria dos capacetes de ciclismo é coberta com uma concha de plástico para manter o capacete unido em um acidente, fornecer resistência à perfuração e permitir que o capacete deslize no impacto (para proteger sua cabeça e pescoço).

Forro

A maioria dos forros de capacete são feitos de espuma de poliestireno expandido. No impacto, o revestimento dissipa a força para proteger sua cabeça. Certifique-se de que o revestimento se adapta à sua cabeça confortavelmente.

Tecnologia MIPS

Alguns capacetes contam com a tecnologia MIPS (Multi-directional Impact Protection System, sistema de proteção de impacto multidirecional), uma forma de construir capacetes com o objetivo de oferecer mais proteção contra forças rotacionais durante um acidente de bicicleta. Os capacetes equipados com MIPS possuem uma camada de baixa fricção que permite que o revestimento de espuma de absorção de impacto do capacete gire ligeiramente em torno de sua cabeça durante um impacto. Ele se move apenas alguns milímetros no geral, mas pode reduzir a quantidade de força rotacional que pode ser transferida para o cérebro em certos impactos.

Ventilação

As aberturas do capacete aumentam o fluxo de vento sobre a sua cabeça, mantendo-o mais fresco e confortável à medida que você anda. Quanto mais aberturas você tiver, mais leve será o capacete também.

Viseira

Alguns ciclistas preferem ter uma viseira de proteção solar presa ao capacete. Estes são muito comuns em capacetes de mountain bike. Uma viseira, no entanto, adiciona uma quantidade fracionária de peso e resistência ao vento leve.

Proteção integral

Alguns capacetes para mountain bike tem uma barra de queixo envolvente para proporcionar proteção facial para mountain bike downhill e pilotagens mais agressivas. Alguns pilotos de enduro também gostam da proteção adicional.

Correias e cabelo

O sistema de correias deve ser confortável e fácil de apertar e desatar. Alguns capacetes vêm com um design de alça que acomoda rabos de cavalo, essencial para mulheres e homens de cabelos grandes.

Tamanho do capacete de bicicleta

Ao escolher um capacete de bicicleta, um bom ajuste é vital. A maioria dos capacetes vem em tamanhos pequeno, médio, grande ou estendido.

Para encontrar o seu tamanho, enrole uma fita métrica flexível em torno da maior parte da sua cabeça – cerca de 1 polegada acima de suas sobrancelhas. Ou, enrole uma corda ou fita em volta da cabeça e meça o comprimento da corda com uma régua ou outro tipo de fita métrica.

Procure por um tamanho de capacete que corresponda à sua medida. Os parâmetros gerais de dimensionamento:

Extra-pequeno: abaixo de 20 polegadas ou 51 cm

Pequeno: 20 – 21,75 polegadas ou 51 cm – 55cm

Médio: 21,75 – 23,25 polegadas ou 55 cm – 59 cm

Grande: 23,25 – 24,75 polegadas ou 59 cm – 63 cm

Extra-grande: acima de 24.75 polegadas ou 63 cm

Tamanho único (homens): 21,25 – 24 polegadas ou 54 cm a 61 cm

Tamanho único (mulheres): 19,75 – 22,5 polegadas ou 50 cm a 57 cm

Tamanho único (infantil): 18 – 22,5 polegadas ou 46 cm a 57 cm

Os tamanhos podem variar e é bom sempre verificar as especificações da fabricante para esse equipamento de segurança de bicicleta. Com dúvida entre os tamanhos? Opte pelo tamanho menor ou use uma touca de ciclismo ou gorro para melhorar o ajuste do capacete maior. Alguns adultos com cabeças menores podem usar confortavelmente o tamanho de uma criança.

Ajustando um capacete de bicicleta

Um capacete de bom encaixe deve ser confortável, mas não irritantemente apertado. Ele deve ficar nivelado em sua cabeça (não inclinado para trás) com a borda frontal a uma altura de 1 polegada ou menos acima das sobrancelhas, de modo que a testa fique protegida. Empurre o capacete de um lado para o outro e de trás para a frente. Se ele mudar notavelmente (1 pol. Ou mais), você precisará ajustar.

Para ajustar, primeiro expanda a roda de dimensionamento antes de colocar um capacete na cabeça. Quase todos os capacetes tem uma roda de dimensionamento na parte de trás do anel interno de dimensionamento do capacete. Uma vez que o capacete está no lugar, chegar atrás de sua cabeça e aperte o anel (geralmente girando uma roda) até obter um ajuste confortável.

Em seguida, aperte e aperte a correia. As correias devem formar um “V”, enquanto elas estão sob cada orelha. Ajuste as correias ao redor das duas orelhas até que você tenha um ajuste confortável.

Finalmente, com a correia afivelada, abra bem a boca. O capacete deve pressionar contra o topo da sua cabeça enquanto você faz isso. Se não, aperte mais e repita. Apenas não aperte demais a alça até que fique desconfortável.

Cuidados com capacete de bicicleta

Evite usar solventes químicos para limpar um capacete. Os fabricantes recomendam apenas o uso de um pano macio ou esponja, além de sabão neutro e água. As almofadas de remoção podem ser lavadas.

Não armazene um capacete em um sótão, garagem, porta-malas ou outra área onde o calor possa se acumular. O calor excessivo pode causar bolhas nas partes do capacete. Não use um capacete danificado pelo calor.

Evite emprestar seu capacete para os outros. Você quer saber exatamente que tipo de uso seu capacete experimentou durante sua vida útil.

Quando substituir um capacete de bicicleta?

Qualquer capacete envolvido em um acidente provavelmente será danificado. Substitua o capacete após qualquer impacto significativo, mesmo que tudo parece estar ok. Se você ficou sem acidentes, geralmente é recomendado substituir o capacete após 5 anos. Poluição, luz UV e intemperismo podem enfraquecer seus componentes ao longo do tempo.

Capacete de bicicleta e o preço

Dependendo do material e do tipo do capacete, o preço varia. Os mais caros e profissionais podem superar o valor de dois salários mínimos. Porém, um bom capacete para uso normal tem o valor de até metade do salário mínimo vigente, o que é um bom investimento.

Como você escolheu seu capacete? Quais critérios te ajudaram na escolha?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)